14 de nov de 2011
Título: Ainda não te disse nada
Autor: Maurício Gomyde
1ª edição
Editora: Porto71
236 páginas
ISBN 978-85-911840-1-9
Gênero: Romance


Sinopse: "Ninguém mais escreve cartas hoje em dia", Marina pensava. Até que um dia uma caiu em suas mãos por engano e mudou o rumo de sua vida. Levou-a ao lugar que ela sempre sonhou. E a conhecer o amor do jeito que nunca imaginou, da forma mais improvável do mundo...


Tenho que comentar antes de tudo… que livro LINDO! A começar pela capa, enfim, o design inteiro... Presta atenção:


Clique para ampliar


E depois que você lê o livro é que baba mais ainda nessa arte linda! (que, por sinal, foi feita pelo irmão do autor).
Mas, agora, falando do livro... Ainda não te disse nada gira em torno da história de Marina, uma garota do interior, filha de padeiro, descendente de italianos e que sonha em ser “Marina, estilista famosa”.
Estuda design de moda em São Paulo com as amigas Francesca e Thaís e trabalha numa agência de correios... Marina não queria levar e trazer histórias: queria ser uma. Romântica incansável, sonha com o amor verdadeiro e acredita na força do destino. Pra cada momento da sua vida, a protagonista tem uma playlist de músicas, um ponto que achei bem interessante na narrativa de Maurício. Tanto é que o livro tem uma trilha sonora, isso é bem legal pois faz os leitores se identificarem com a protagonista e com a história, afinal, quem nunca pensou numa música para determinado momento da vida, não é mesmo?

Desde que inventaram a internet, os Correios viraram só um lugar pra despachar encomenda e pagar conta. Ninguém mais manda carta. Agora só querem saber de e-mail e sei mais lá o quê. (página 17)

Marina está tão acostumada a apenas despachar encomendas e fazer pagamentos de contas que fica espantada quando uma bonita moça ruiva vem postar uma carta escrita à mão...
Certa vez Marina encontrou esta moça num café que costuma ir antes de seguir para a faculdade, para ler as últimas revistas de moda e desenhar alguns modelos. Com a curiosidade no máximo, foi lá falar com ela e descobriu que a ruiva tinha um negócio chamado “O Anjo Carteiro” que mantém correspondências com pessoas mediante o contrato de outra que supostamente deveria “receber” as cartas e respondê-las. À primeira vista, Marina ficou na dúvida se aquilo não seria frieza demais... se passar por outra pessoa por cartas e ainda por cima enganar o destinatário o fazendo pensar que era o remetente real... confuso, né?
Num dia normal de trabalho, a caixa postal 787 estava inativa havia mais de 15 dias... e tinha uma correspondência dentro. Marina ficou responsável de contatar o dono da caixa postal e que grande surpresa ela teve quando descobriu! Não posso contar isso, mas a pessoa não pôde receber a carta e, morrendo de curiosidade, Marina teve que abrir...

Outra pessoa teria deixado a carta pra lá, mas já sabendo do esquema “Anjo Carteiro” e tendo sido profundamente tocada pelas palavras escritas na carta, Marina resolve se corresponder com Heitor, o remetente da correspondência, primeiramente sem saber quem seria a pessoa pela qual ela estava se passando, mas depois descobrindo que seu nome era Milena. ‘Heitor’ é supostamente um senhor de idade, mora em Porto, Portugal, portanto as cartas levavam em média 25 dias para chegar, serem respondidas e enviadas novamente.

Enquanto isso, a vida de Marina continuava... começou a namorar seu professor Luca, um cara realmente bastante interessante, à primeira vista. As coisas começam a dar errado e quando uma noite Luca aparece bêbado no flat de Marina e vê algumas das cartas trocadas com Heitor e começa a julgá-la erroneamente. O namoro acaba.
A oportunidade da vida de Marina aparece: um concurso cultural para alunos de design de moda para um estágio em Paris. Inspirada pelas pétalas de rosa que Heitor envia junto às cartas (suposto motivo da separação de Heitor e Milena, no passado), Marina cria seu melhor modelo, intitulado “Jardim de Santa Ana”, que é a casa de repouso onde Heitor fica em Porto.

As amigas Francesca e Thaís são um espetáculo à parte nesse livro. É muito delicioso de ler e Maurício consegue seguir uma linha de personalidade definida quando se passa um diálogo entre elas. Francesca é sempre a mesma descontraída e meio desbocada, Thaís a mesma apaixonada precisando de reconhecimento e realização quando se trata do marido e Marina não foge da personalidade criada desde o começo em momento algum. Otavinho, o menino de 15 anos apaixonado por Marina é simplesmente uma graça! Os irmãos e a família de Marina também são demais... Sinceramente, esse livro foi um dos melhores que li neste ano!
Em 236 páginas que li num dia, Maurício conseguiu unir, entrelaçar e fazer com que fizesse sentido uma história com tantos personagens sem tirar a importância de todos eles.
Ainda tem aqui Dona Jane, Fabrízio, seu Patrício, enfim... Uma história e tanto!
Narrado em terceira pessoa com muito humor, uma pitada de sensualidade e muito romance, Ainda não te disse nada é mais uma prova de que autores nacionais estão com tudo!

Como diria Neruda: Saudade é amar um passado que ainda não passou; é recusar um presente que nos machuca; é não ver o futuro que nos convida... (página 105)



Recomendadíssimo! E são só R$ 25,00 com frete incluso! http://www.mauriciogomyde.com/p/loja-virtual.html
Espero que vocês possam ter a oportunidade de lê-lo e se encantarem como aconteceu comigo.

Essa semana solto uma promoção de um livro + marcador e também de um iPad 2!
Muito show né?!
Fiquem ligados!

2sleep